Conheça os principais tipos de pele e saiba como identificar o seu - Blog | Vinotage

Conheça os principais tipos de pele e saiba como identificar o seu

7 minutos para ler

Você sabia que há vários tipos de pele? Algumas classificações são feitas com base em características em comum, agrupando fatores que se repetem em padrões em várias pessoas ao redor do globo. Com esses pontos, é possível determinar as necessidades de cada tipo cutâneo.

Nossas características físicas são muito diversas e, por isso, conhecê-las bem é algo fundamental para que possamos nos cuidar muito mais e melhor, especialmente quando falamos sobre a pele. Esse é o maior órgão de nosso corpo e zelar por ele é algo fundamental não só para a beleza, mas também para a saúde!

Não sabe exatamente qual é o seu tipo de pele e quais cuidados especiais (além da proteção solar, indispensável para todos os tipos) ele demanda? Não se preocupe! Ao longo de nossa conversa, mostraremos algumas dicas para que você possa reconhecer os seus padrões e, assim, determinar qual em qual grupo a sua cútis se encaixa. Boa leitura!

Pele oleosa

A pele oleosa é um dos tipos mais comuns de todos, especialmente no Brasil. Ela é muito mais frequente em pessoas mais jovens, mas pode estar presente em indivíduos de qualquer idade ou sexo. A seguir, conheça algumas das características e cuidados mais importantes para as peles oleosas!

Características

De modo geral, as principais características da pele oleosa incluem:

  • brilho excessivo;

  • presença de acne (cravos ou espinhas);

  • poros dilatados;

  • dificuldade para segurar a maquiagem.

A principal área afetada pela oleosidade é conhecida como zona T e engloba a região da testa, nariz e queixo. No entanto, todo o rosto pode ser acometido por esse problema.

Cuidados

Os cuidados com a pele oleosa incluem o uso de produtos específicos, sem a adição de óleos em sua composição e com um efeito mais matificado. Isso garante que a oleosidade seja controlada.

Outro ponto importante é a hidratação, que não deve ser deixada de lado (não hidratar a pele pode fazer com que ela produza ainda mais óleo). A dica é utilizar produtos específicos para a pele oleosa, que são mais leves e facilmente absorvidos.

Pele seca

Ao contrário da pele oleosa, a do tipo seca está mais presente em pessoas com mais idade ou que habitem em locais com uma temperatura mais fria. No entanto, também pode estar presente em qualquer tipo de pessoa, se tornando um problema quando não é bem cuidada. Saiba mais a seguir!

Características

Os principais sintomas de que uma pele é considerada seca são:

  • pele sem brilho ou viço;

  • presença de descamação;

  • vermelhidão, especialmente em áreas como o nariz;

  • rachaduras e machucados;

  • manchas avermelhadas.

Cuidados

A palavra-chave para cuidados com a pele seca é hidratação. Aqui, cremes mais espessos, concentrados e poderosos são utilizados para manter a água na superfície cutânea e fazer com que ela seja absorvida pelas células. Beber bastante água também é uma dica de ouro!

Além disso, é importante salientar que cuidados como a esfoliação e a limpeza não devem ser deixados de lado. No entanto, é sempre recomendado que isso seja feito com produtos mais hidratantes, que não sejam tão excessivamente adstringentes.

Pele normal

A pele normal é um tipo menos comum e, certamente, desejado por muitas pessoas. Apesar disso, também apresenta problemas específicos e precisa de cuidados especiais para se manter sempre saudável. Saiba mais sobre eles a seguir!

Características

O que, afinal, caracteriza uma pele tida como normal? Confira algumas características a seguir:

  • textura aveludada;

  • ausência de problemas com oleosidade ou ressecamentos excessivos;

  • poros mais fechados;

  • pouca tendência à acne.

Esses fatores, no entanto, não indicam que a pele seja perfeita. É perfeitamente possível ter uma cútis normal e sofrer com espinhas em determinados períodos do mês ou ter um ressecamento extra durante o inverno. No entanto, esses são problemas pontuais e não uma constante no dia a dia dessas pessoas.

Cuidados

Os cuidados com a pele normal incluem a limpeza diária, a tonificação e hidratação, assim como ocorre com todos os outros tipos. No entanto, recomenda-se o uso de produtos destinados a esse público, para evitar sobrecargas ou falta de nutrientes importantes.

Além disso, uma alimentação equilibrada é fundamental para manter a pele normal sempre saudável. Por meio da ingestão de nutrientes, essa cútis permanecerá sempre equilibrada e muito bonita!

Pele mista

Como o próprio nome já indica, uma pele mista é aquela que apresenta características de vários grupos, como a oleosa e a seca. Por isso, cuidar dela é um grande desafio, já que diferentes regiões têm necessidades diversas. Confira, a seguir, algumas dicas para tornar isso possível!

Características

Confira, a seguir, alguns dos sinais que podem indicar que uma pele é do tipo mista:

  • oleosidade mais acentuada na zona T;

  • ressecamento em áreas como as bochechas;

  • poros dilatados na zona T e fechados nas outras áreas;

  • sensibilidade em pontos específicos;

  • pouca tendência à acne, que aparece mais em regiões como a testa e o queixo.

Cuidados

Os cuidados com a pele mista demandam um pouco mais de atenção por parte das pessoas que têm esse tipo cutâneo. Aqui, os produtos devem conter um equilíbrio de propriedades, para garantir que as regiões diferentes são fiquem nem muito secas, nem extremamente oleosas.

Outra indicação é utilizar dois tipos de produtos para finalizar os cuidados. Ainda que a loção de limpeza ou sabonete e o tônico sejam os mesmos, mesclar o uso de hidratantes (utilizando um mais leve na zona T, por exemplo) pode ser uma boa maneira de evitar problemas nas áreas com necessidades diferentes.

Pele sensível

Por fim, a pele sensível é um tipo cutâneo que apresenta excessiva sensibilidade aos mais diversos fatores. Ela pode ser mista, oleosa ou até mesmo seca, e por isso, muitas vezes, os cuidados com esse tipo são bem específicos. Saiba mais a seguir!

Características

Será que a sua pele é do tipo sensível? Confira algumas características a seguir:

  • vermelhidão generalizada;

  • sensação de queimação ou ardor;

  • repuxamento em certas áreas;

  • coceira e irritação;

  • inflamações e feridas.

Muitas vezes, a pele sensível se torna ainda mais sensibilizada com a aplicação de determinados produtos ou depois de fazer a barba, por exemplo. Isso pode denotar um processo alérgico, por isso, fique ligado!

Cuidados

A pele sensível é o tipo que exige cuidados mais atentos e específicos. Aqui, a intervenção de um dermatologista se faz quase indispensável, já que ele é o profissional que poderá determinar se o uso de medicamentos é necessário ou não para ajudar com a sensibilidade.

No entanto, as dicas que podemos fornecer é: utilize sempre produtos indicados para o seu tipo de pele e dê sempre preferência aos que são produzidos com compostos naturais e menos insumos químicos. Isso garantirá uma leveza maior aos dermocosméticos, tornando-o mais adaptável às suas necessidades.

Agora que você já conhece os principais tipos de pele e as características e cuidados mais importantes de cada um deles, não perca tempo! Adquira o quanto antes os produtos específicos para a sua necessidade e inicie uma rotina de cuidados cutâneos diários. A frequência e persistência são fatores fundamentais para que todo o seu zelo mostre os resultados esperados!

Um dos cuidados comuns a todos os tipos de pele e que não deve, em hipótese alguma, ser deixado de lado é o uso de proteção solar. Confira, então, o nosso post sobre como escolher o melhor protetor solar para cada tipo de pele!

Posts relacionados

Deixe uma resposta