Os cuidados estéticos vão muito além da aparência e estão relacionados ao bem-estar, à saúde e à qualidade de vida. Para isso, é importante usar produtos naturais, de qualidade e com princípio ativo eficiente. Nesse sentido, a vinoterapia surge como uma boa opção de tratamento.

Por meio dos polifenóis — um dos principais componentes das uvas —, o procedimento tem ação antioxidante e ajuda na prevenção do envelhecimento precoce da pele, pois retarda o processo. A vinoterapia pode ser feita no rosto, no corpo e nos cabelos, com o uso de produtos específicos.

Continue a leitura e conheça mais sobre a vinoterapia e os seus benefícios.

O que é a vinoterapia?

A vinoterapia é um procedimento realizado de maneira tópica, por meio de produtos à base de uva ou vinho e massagens. O objetivo é eliminar as células mortas, firmar, nutrir e hidratar todos os tipos de pele.

O tratamento pode ser feito em casa ou em clínicas de estética e seu bom efeito se deve ao resveratrol — um importante polifenol presente nas cascas e nas sementes das uvas, especialmente as tintas.

A substância age como um antioxidante natural e neutraliza a ação dos radicais livres, além de impedir a atividade de enzimas que podem destruir células saudáveis. Os polifenóis também são ricos em vitaminas, como A, C e E, o que melhora a elasticidade da pele e a força dos cabelos.

Como funciona?

Existem muitas maneiras de realizar o tratamento, seja no corpo, no rosto ou nos cabelos. Primeiro, é necessário fazer uma boa higienização da parte do corpo na qual o procedimento será realizado. No caso da pele, uma esfoliação prepara a região para receber, de forma mais efetiva, a ação dos produtos que serão aplicados posteriormente.

A eficiência do tratamento se deve à sequência de procedimentos que são realizados visando o mesmo objetivo: cuidar e tratar do corpo. Para isso, é essencial que todos os cosméticos usados em cada etapa tenham princípios ativos em concentrações adequadas e apresentem boa qualidade.

A vinoterapia também funciona para a prevenção da celulite e para reduzir medidas. Ao passar os produtos e envolver a pele com toalhas quentes, o corpo reage por meio da termogênese. Isso significa que o organismo tenta causar e manter o equilíbrio térmico. Para isso, é necessário queimar gordura, o que promove a redução de medidas.

Quais são seus principais benefícios?

Conheça os principais benefícios da vinoterapia.

Combate os radicais livres

Os radicais livres são moléculas instáveis produzidas naturalmente pelo nosso metabolismo. Em excesso, eles podem ser tóxicos para o organismo e tendem a interagir com as células do corpo, causando a destruição até mesmo das saudáveis.

Diminui rugas e linhas de expressão

O resveratrol presente nas uvas ajuda a retardar o envelhecimento da pele. Junto com a massagem realizada durante o procedimento, ele estimula a fabricação de elastina e colágeno. Essas substâncias são responsáveis por sustentar as células, manter a firmeza e promover a elasticidade da cútis.

Remove células mortas e clareia a pele

O tratamento remove as células mortas da camada superficial da pele, o que melhora o aspecto da cútis e resulta em uma maior uniformidade. Assim, a superfície fica macia e saudável, além de menos oleosa.

Outro benefício dos polifenóis é a sua capacidade de atuar como fotoprotetor contra os raios ultravioletas. Com isso, eles ajudam a clarear pequenas manchas.

Melhora o aspecto dos cabelos

A vinoterapia pode ser feita nos cabelos para recuperar a fibra capilar e restaurar o brilho natural dos fios. Além disso, o resveratrol ajuda a restaurar o brilho natural, controla a oleosidade e fortalece os cabelos.

Como e com qual frequência pode ser feita?

Existem alguns cuidados simples que devem ser tomados antes e depois de realizar a vinoterapia, para que os resultados sejam ainda mais efetivos e duradouros. Caso você faça a aplicação diária de ácidos, por exemplo, é interessante suspender o uso da substância por pelos dois dias antes do procedimento.

Após o tratamento, é fundamental usar filtro solar com fator de proteção acima de 30, especialmente no rosto. Os tratamentos realizados em clínicas de estética podem necessitar de manutenção de acordo com o proposto pelo esteticista.

No caso dos tratamentos corporais redutores, é importante mudar também alguns hábitos de vida. Os resultados aparecerão com alimentação adequada, prática de atividade física e  uso regular de cosméticos.

Embora seja um processo de base mais natural e não apresente muitas contraindicações, é importante verificar se há hipersensibilidade a algum componente que será usado. No caso de tratamentos corporais específicos, é necessário observar se serão usados cosméticos termogênicos.

Esses compostos aceleram o metabolismo e são contraindicados para pessoas com hipertensão não tratada ou que apresentam quadro agudo. Áreas lesionadas também devem ser evitadas, assim como indivíduos febris, em caso de banhos ou imersão com produtos aquecidos.

Não existe uma regra definida para a frequência do tratamento, que deve ser individualizado. Em casa, ele pode ser feito uma vez por semana ou de 15 em 15 dias, de acordo com a sua necessidade.

Quais tipos de produtos podem ser usados?

O tratamento facial e corporal com vinoterapia é feito com cremes, tônicos, óleos essenciais de semente de uva, sabonetes, géis, máscaras faciais e outros produtos feitos fundamentalmente por compostos presentes na uva e no vinho.

Para o tratamento capilar são usados shampoos, condicionadores e cremes hidratantes. Os homens podem se beneficiar, ainda, de itens para a barba, como loções e bálsamos. A ação dos produtos pode ser potencializada com o uso de toalhas aquecidas ou toucas térmicas.

A função desses cosméticos é promover um efeito desintoxicante, relaxante, nutritivo, clareador, revitalizante, renovador e tonificante. Além de aplicar os cremes, é possível preparar imersões ou banhos com outros produtos, como sais de banho ou o próprio vinho morno.

A vinoterapia é um tratamento completo que usa as boas propriedades da uva para melhorar o aspecto da pele e dos cabelos. Embora funcione de forma tópica, o procedimento pode ser complementado pela ingestão de suco de uva ou vinho, ocasionando resultados ainda melhores.

Gostou do conteúdo? Quer ficar bem-informado e receber mais informações relevantes diretamente no seu e-mail? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!