Os parabenos são substâncias presentes na formulação de vários tipos de cosméticos. Eles são usados para ajudar a conservar os produtos devido à sua ação antimicrobiana. Porém, como conservantes sintéticos têm uso controlado e podem prejudicar a saúde, já existem diversas alternativas naturais no mercado.

A indústria de cosméticos é uma das mais poderosas do mundo e cresceu cerca de 5% em 2016. Com isso, houve a ascensão de marcas que usam ingredientes naturais. Essa tendência de mudança se deve ao fato de que além de reduzir o impacto ambiental, o consumidor busca produtos mais saudáveis para os cabelos e a pele.

O maior motivo para isso é a geração millenials, que se tornará o maior grupo de consumidores do mundo até 2020. Eles leem rótulos e buscam informações sobre ingredientes naturais e ações sustentáveis da marca. A busca online pelo termo “natural”, por exemplo, cresceu 70% nos últimos anos, o que confirma essa tendência.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você entender o que são os parabenos, quais são os seus malefícios e por que é importante evitá-los. Boa leitura

O que são os parabenos?

Segundo o Food and Drugs Administration (FDA), um órgão do departamento de saúde americano, os parabenos são uma classe de compostos químicos muito usados em diversos tipos de produtos. Geralmente, são adicionados à lista de ingredientes para agirem como conservantes, especialmente em cosméticos.

De acordo com o FDA, entre os produtos de higiene e cuidados pessoais que podem conter parabenos estão maquiagens, hidratantes, desodorantes, óleos e loções infantis, esmaltes, tinta para tatuagem, itens para cabelos, perfumes e cremes de barbear.

Os cosméticos vendidos para consumidores em lojas físicas ou virtuais devem ter uma lista de ingredientes, especificados pelo seu nome comum ou usual. Essa é uma informação muito importante para os consumidores que desejam descobrir se o produto contém um componente que eles querem evitar.

Em geral, parabenos são fáceis de identificar pelo nome. Os tipos de substâncias mais utilizados no mercado são o propilparabeno, metilparabeno, butilparabeno e o etilparabeno. Em inglês, a nomenclatura usada é paraben.

Por que são usados em diversos cosméticos?

Devido ao contato com a pele e com o ar, muitos produtos teriam um prazo de validade muito curto após abertos se não contivessem conservantes. Por isso, os parabenos são utilizados para prolongar e preservar a validade dos cosméticos, pois são capazes de matar os organismos patogênicos, garantindo a integridade do produto e a saúde do consumidor.

Além disso, essas substâncias são baratas, efetivas mesmo em pouca concentração, têm bons resultados em quase todos os produtos e agem contra uma grande quantidade de microrganismos.

Porém, já existem muitos compostos naturais que manifestam as mesmas características antimicrobianas dos parabenos. Isso permite que eles sejam usados como conservantes de forma eficiente.

Quais são os principais malefícios dos parabenos?

Esse composto químico foi considerado seguro por um longo período. A partir de 2004, vários estudos foram realizados para melhor compreender os possíveis danos à saúde. Com isso, os pesquisadores identificaram traços da substância em tumores de mama.

Assim, foi possível concluir que os parabenos têm propriedades similares aos estrogênios, mesmo quando usados em baixas concentrações. Esses hormônios influenciam no desenvolvimento desse tipo de câncer.

Confira, a seguir, outros malefícios dos parabenos para a saúde.

Reações alérgicas

Uma das razões mais comuns para o desenvolvimento de alergias em cosméticos são os conservantes. Por isso, problemas na pele podem ser causados por hipersensibilidade aos parabenos, como a dermatite de contato.

Envelhecimento precoce da pele

Os parabenos estão presentes em diversos tipos de cosméticos, o que significa que as chances de entrar em contato com eles são altas. O uso de produtos com essas substâncias e a exposição à radiação solar causam o envelhecimento precoce das células cutâneas.

Alterações hormonais

A substância também interfere no sistema endócrino de humanos e animais. Isso acontece graças à sua atividade estrogênica, que promove desregulação dos hormônios.

Incidência de câncer

Nas mulheres, foram relatados que o uso frequente de cosméticos que continham o conservante levava a alguns casos de câncer de mama, a partir da absorção cutânea dos parabenos.

Nos homens, as possíveis alterações hormonais provocadas pela substância alteram o DNA e podem levar a casos de câncer de próstata e de testículo.

Ansiedade e retenção de líquidos

Após ser absorvido pela pele, o composto químico chega até a corrente sanguínea e é interpretado pelo nosso sistema endócrino. Por serem reconhecidos como o hormônio sexual feminino pelo organismo humano, os parabenos ocasionam os problemas gerados pelo excesso dessa substância no corpo.

Isso pode levar a alterações no humor e desencadear problemas de ansiedade e de retenção de líquidos.

Por que evitar produtos que contenham parabenos?

Como as pesquisas ainda não indicam a segurança dos parabenos e apontam que podem causar muitos malefícios à saúde, é importante evitar o uso de produtos com essas substâncias. Opções naturais que podem substituí-los incluem o extrato de sementes de uva, o ácido cítrico e o ácido ascórbico.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é responsável por controlar e fiscalizar a quantidade de parabenos presentes nos cosméticos brasileiros. A autarquia estabelece a concentração de 0,4% como limite de cada parabeno e um total máximo de 0,8% da substância nos produtos.

A escolha sobre utilizar ou não produtos que tenham parabenos em sua constituição é exclusiva do consumidor. Porém, como existem boas alternativas no mercado, é sempre interessante não correr os riscos que os produtos químicos podem causar à saúde — mesmo que usados eventualmente.

A Vinotage produz seus cosméticos utilizando base 100% vegetal, com ativos extraídos de fontes naturais e renováveis. Além disso, eles são desenvolvidos sem a utilização de parabenos e não são testados em animais.

Você pode aproveitar os produtos de qualquer uma das linhas da marca. São hidratantes, shampoos, cremes, desodorantes e outros itens, todos produzidos com ingredientes de qualidade e que exploram os benefícios da uva, como o resveratrol — um potente antioxidante capaz de neutralizar os radicais livres e manter a pele mais jovem.

É muito importante estar atento à composição dos produtos que você compra. Muitas vezes, não sabemos dos riscos que estamos correndo. Um exemplo disso são os parabenos — compostos químicos que estão presentes tanto em produtos de beleza quanto em medicamentos e alimentos.

Gostou de saber mais sobre os parabenos? Então, não deixe de seguir nossos perfis nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades! Estamos no Facebook e no Instagram.